Administre melhor seu tempo

Como o ditado diz: “tempo é dinheiro”, por isso é importante estabelecer uma conduta condizente

com o tempo em que nos é destinado. A melhor forma de se fazer isso é estabelecer metas. As metas fazem com que tenhamos mais responsabilidade com nossos afazeres para que assim possamos cumpri-los com mais eficácia e responsabilidade.

Outra forma de aproveitar melhor o nosso tempo é eliminar coisas que não são necessárias em nosso dia-a-dia. Utilizar ferramentas mais acessíveis ao nosso conhecimento faz com que aproveitemos o melhor dela, e assim conseguimos ser mais produtivos e poupamos tempo. Se você está habituado a usar agendas comuns, por que usar um tablet? O que pode ser uma “mão na roda”, pode se tornar um martírio, pois será necessário uma adaptação que poderia ser evitada.

Até na hora de se atualizar é importante ter critério. Por termos uma infinidade de meios de recepção de informação, acabamos lendo coisas que não são importantes para nossa vida particular e profissional, então estabelecer assuntos que irão nos informar é de fundamenta importância. Um economista, por exemplo, precisa de informações sobre a bolsa de valores, alta das moedas, crises mundiais, etc. Então resumo de novelas não seria tão produtivo profissionalmente, a menos que queira discutir sobre o assunto no almoço ou com a mãe aposentada em casa. Por isso estabelecer critérios sobre o que se informar é fundamental.  Uma dica que fica é usar RSS, que é uma ferramenta que serve para agregar conteúdo de sua preferência, seja de blogs ou sites de notícias.

Uma matéria jornalística pode ser enfadonha de se ler, por isso os jornalistas utilizam uma técnica que se chama pirâmide investida, ou seja, as principais informações se encontram no início do texto. O restante são complementos que realçam a informação dando mais detalhes. Então ao ler uma matéria, leia os títulos e primeiros parágrafos com atenção, assim você saberá da informação com mais rapidez.

Como contamos com uma série de ferramentas digitais que nos auxiliam na recepção dos vários assuntos noticiosos, é importante que tudo isso seja direcionado para uma só plataforma. É comum o uso de várias redes sociais. Por exemplo, se você utiliza o Twitter, Facebook, Linkedin, etc, procure utilizar programas que deixem todas essas redes em um só lugar, o tweetdeck é uma ótima plataforma para esse objetivo. Assim você pode poupar tempo por não precisar logar em todas essas redes e ficar com várias janelas do seu navegador aberto.

Podemos nos comparar com o processador do seu computador, se você abrir vários programas de uma só vez, esses vão ficar lentos ou inoperantes, ou seja, se você faz muitas coisas juntas e recebe muitas informações de uma só vez, é bem provável que uma ou outra coisa não seja executada como deveria e algum afazer ficará de lado. Então seja mais criterioso na poupança de seu tempo ou instale um Core i7 na sua cabeça. Lembre-se: tempo é dinheiro!

O TRÂNSITO TRIRRIENSE E O BOM SENSO

A iniciativa do poder público em fazer um novo plano viário da cidade foi da melhor boa intenção, porém a eficiência de tal passa por melhorias em outros setores. O primeiro deles é a adaptação dos transeuntes que circulam pelo Centro da cidade e bairros, passando não só pelos pedestres, mas também pelos condutores de veículos, ciclistas, da Guarda Municipal, Polícia Militar e etc.
Uma grande parcela dos usuários de automóveis ou não tem conhecimento das leis de trânsito, ou simplesmente a ignoram. O uso de cinto de seguranças caiu em desuso, na maioria das vezes ignoram o equipamento de segurança; as setas dificilmente são utilizadas corretamente. Paralisar o trânsito para uma conversa ou para uma carona (demorada) é coisa normal; parar sobre a faixa ou não respeitá-las é coisa corriqueira.
Não podemos nos esquecer dos nossos amigos motociclistas que não se abstém de ultrapassar pela direita, corredores ou pelos acostamentos (faltam pouco passar sobre as calçadas). E quem pensa que todos esses problemas são praticados por pessoas desconhecedoras das leis de trânsito está enganada. Encontrar guardas municipais transitando sem cinto de segurança é normal, segundo informações uns nem habilitação possuem. Quem nunca viu o quadriciclo da guarda que nem retrovisor tem.
A Polícia Militar é um caso a parte. Segundo informações eles tem a permissão de não utilizarem cinto de segurança (em serviço), pois precisam sempre ter uma abordagem rápida e segura, mas infelizmente algumas vezes ignoram o bom senso e estacionam suas viaturas sobre a praça. Quem já teve sua moto apreendida ou conhece alguém que já teve, com certeza já presenciaram policiais conduzindo o veículo para o depósito sem capacete, isso definitivamente não pode. Além de ser um perigo para o condutor, isso é um exemplo ruim para os civis.


Outro perigo que o poder público deveria olhar com mais atenção,  são os inúmeros veículos que carregam seus funcionários na caçamba, podendo ter consequência graves, caso um deles caia ou uma colisão aconteça. Não podemos nos esquecer dos bairros, que é comum encontrar carros estacionados sobre as calçadas ou de forma que atrapalhe o trânsito.
É preciso haver não só consciência e bom senso de pedestres e condutores, como também uma fiscalização mais eficaz por parte dos órgãos competentes.

PROFESSOR, VOCÊ JÁ CONHECE A LEI PISO?

Professores vocês sabiam que § 4o  Na composição da jornada de trabalho, observar-se-á o limite máximo de 2/3 (dois terços) da carga horária para o desempenho das atividades de interação com os educandos.

Isso quer dizer que das 30 horas semanais, 10 horas devem fora de aula, para correção de atividades, formulação de aulas e outras atividades. Confira a lei piso na íntegra:

 

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

 

Art. 1o  Esta Lei regulamenta o piso salarial profissional nacional para os profissionais do magistério público da educação básica a que se refere a alínea “e” do inciso III do caput do art. 60 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias.
Art. 2o  O piso salarial profissional nacional para os profissionais do magistério público da educação básica será de R$ 950,00 (novecentos e cinqüenta reais) mensais, para a formação em nível médio, na modalidade Normal, prevista no art. 62 da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional.
§ 1o  O piso salarial profissional nacional é o valor abaixo do qual a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios não poderão fixar o vencimento inicial das Carreiras do magistério público da educação básica, para a jornada de, no máximo, 40 (quarenta) horas semanais.
§ 2o  Por profissionais do magistério público da educação básica entendem-se aqueles que desempenham as atividades de docência ou as de suporte pedagógico à docência, isto é, direção ou administração, planejamento, inspeção, supervisão, orientação e coordenação educacionais, exercidas no âmbito das unidades escolares de educação básica, em suas diversas etapas e modalidades, com a formação mínima determinada pela legislação federal de diretrizes e bases da educação nacional.
§ 3o  Os vencimentos iniciais referentes às demais jornadas de trabalho serão, no mínimo, proporcionais ao valor mencionado no caput deste artigo.
§ 4o  Na composição da jornada de trabalho, observar-se-á o limite máximo de 2/3 (dois terços) da carga horária para o desempenho das atividades de interação com os educandos.
§ 5o  As disposições relativas ao piso salarial de que trata esta Lei serão aplicadas a todas as aposentadorias e pensões dos profissionais do magistério público da educação básica alcançadas pelo art. 7o da Emenda Constitucional no 41, de 19 de dezembro de 2003, e pela Emenda Constitucional no 47, de 5 de julho de 2005.
Art. 3o  O valor de que trata o art. 2o desta Lei passará a vigorar a partir de 1o de janeiro de 2008, e sua integralização, como vencimento inicial das Carreiras dos profissionais da educação básica pública, pela União, Estados, Distrito Federal e Municípios será feita de forma progressiva e proporcional, observado o seguinte:
I – (VETADO);
II – a partir de 1o de janeiro de 2009, acréscimo de 2/3 (dois terços) da diferença entre o valor referido no art. 2o desta Lei, atualizado na forma do art. 5o desta Lei, e o vencimento inicial da Carreira vigente;
III – a integralização do valor de que trata o art. 2o desta Lei, atualizado na forma do art. 5o desta Lei, dar-se-á a partir de 1o de janeiro de 2010, com o acréscimo da diferença remanescente.
§ 1o  A integralização de que trata o caput deste artigo poderá ser antecipada a qualquer tempo pela União, Estados, Distrito Federal e Municípios.
§ 2o  Até 31 de dezembro de 2009, admitir-se-á que o piso salarial profissional nacional compreenda vantagens pecuniárias, pagas a qualquer título, nos casos em que a aplicação do disposto neste artigo resulte em valor inferior ao de que trata o art. 2o desta Lei, sendo resguardadas as vantagens daqueles que percebam valores acima do referido nesta Lei.
Art. 4o  A União deverá complementar, na forma e no limite do disposto no inciso VI do caput do art. 60 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias e em regulamento, a integralização de que trata o art. 3o desta Lei, nos casos em que o ente federativo, a partir da consideração dos recursos constitucionalmente vinculados à educação, não tenha disponibilidade orçamentária para cumprir o valor fixado.
§ 1o  O ente federativo deverá justificar sua necessidade e incapacidade, enviando ao Ministério da Educação solicitação fundamentada, acompanhada de planilha de custos comprovando a necessidade da complementação de que trata o caput deste artigo.
§ 2o  A União será responsável por cooperar tecnicamente com o ente federativo que não conseguir assegurar o pagamento do piso, de forma a assessorá-lo no planejamento e aperfeiçoamento da aplicação de seus recursos.
Art. 5o  O piso salarial profissional nacional do magistério público da educação básica será atualizado, anualmente, no mês de janeiro, a partir do ano de 2009.
Parágrafo único.  A atualização de que trata o caput deste artigo será calculada utilizando-se o mesmo percentual de crescimento do valor anual mínimo por aluno referente aos anos iniciais do ensino fundamental urbano, definido nacionalmente, nos termos da Lei no 11.494, de 20 de junho de 2007.
Art. 6o  A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios deverão elaborar ou adequar seus Planos de Carreira e Remuneração do Magistério até 31 de dezembro de 2009, tendo em vista o cumprimento do piso salarial profissional nacional para os profissionais do magistério público da educação básica, conforme disposto no parágrafo único do art. 206 da Constituição Federal.
Art. 7o  (VETADO)
Art. 8o  Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
Brasília,  16  de julho de 2008; 187o da Independência e 120o da República.

 

LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA
Tarso Genro
Nelson Machado
Fernando Haddad
Paulo Bernardo Silva
José Múcio Monteiro Filho
José Antonio Dias Toffoli
 
 

VOCÊ JÁ DOOU HOJE?

image

Iniciativas como o Teleton e Criança Esperança são de grande ajuda para milhares de pessoas em todo o país. O Criança Esperança faz um verdadeiro show com seus artistas globais e cantores em evidência.  Já o Teleton que não conta com os grandes atores e cantores, aposta nos próprios beneficiados para buscarem as doações, assim deixa o ato filantrópico muito mais emocionante e contagiante. Enfim, iniciativas como desses dois programas são sempre bem vindas e deveriam ser repetidas, também, a nível regional ou quem sabe municipal.
Imagine um evento que contasse com artistas de nossa cidade e região que buscassem arrecadar doações para os nossas entidades filantrópicas, asilos e instituições de caridade .
Já que não temos eventos como esses a nível municipal ou regional, podiamos direcionar as doações do Teleton ou até mesmo do Criança Esperança à entidades de nossa região que seria de grande valia e veríamos os resultados bem mais próximo .
Em vez enviar doações para o Teleton, mandem para uma dessas instituições:
Asilo São Vicente de Paulo
Asilo Metodista
Apae
Agora me lembro dessas , se lembrarem de mais, é só comentar .